Cartão Postal

Dinamarca: Lugar das pessoas mais felizes do mundo

28.11.2017

Post por: Marianna Jordan

Com certeza absoluta foi a minha cidade preferida de toda a viagem. Fiquei extremamente encantada com a felicidade estampada no rosto das pessoas de Copenhagen, não é por acaso que os dinamarqueses são conhecidos como as pessoas mais felizes do mundo. Me senti muito bem acolhida e respeitada por eles, principalmente depois de ter visto um povo frio como os Russos. Além de felizes e educados é nítido ver como os dinamarqueses se orgulham de sua etinia. A cidade não é muito grande mas tem de tudo e mais um pouco para fazer. Um fato muito legal é que Copenhagen se volta muito para atender a família inteira, ou seja, na maior parte de seus espaços existe uma integração para as crianças também. Outra coisa que me encantou foi a facilidade de encontrar alimentos orgânicos, na verdade quase tudo lá é, e por onde você vai vão existir opções saudáveis para comer.

post-mari

As pessoas lá não usam muito carro e sim bicicleta, inclusive em dias chuvosos. Também não senti muita diferença de classes, não existe divergência exuberante de região mais rica/mais pobre como vemos claramente aqui no Brasil. Mais uma coisa muito interessante foi ver como eles priorizam os encontros, sejam eles com família, amigos, parceiros de trabalho… No fim da tarde todos os barzinhos, restaurantes e cafés estão sempre lotados, independente do dia da semana. Com essas pequenas características já podemos imaginar o porque de eles serem tão felizes, né?

post-mari6

Vamos para as dicas de lugares para conhecer: primeira e, para mim hehe, mais importante é visitar o Tivoli, um parque de diversões no centro da cidade onde além de brinquedos imperdíveis, possui diversas lojinhas, cafés e restaurantes muito fofos (ainda mais lindos a noite, todos iluminadinhos).

post-mari5

Também indico passear pela rua dos pedestres, onde encontram-se varias lojinhas, desde souvenirs até lojas de marca famosas (recomendo comerem as amêndoas caramelizadas, tem à cada canto desta rua). Uma ótima indicação de lugar para comer é a Torvehallerne, para quem conhece a Mercadoteca de Curitiba pode-se dizer que é bem parecido, mas no caso a de Copenhagen é muito maior e com mais variedade de comidas. Outro lugar muito bacana para comer lá é o “Copenhagen Street Food”, que nada mais é do que um enorme armazém cheio de foodtrucks com comidas típicas de todos os gostos e países. A parte turística, como as igrejas e palácios não chegamos a visitar, mas vimos algumas coisas por fora e posso dizer que são construções muito bonitas. Outro programa interessante para fazer lá é assistir à um concerto de Ópera, também não chegamos a ir mas dizem que vale muito a pena. Pelo pouco tempo que fiquei em Copenhagen já me apaixonei pela cidade, espero voltar em breve para conhecer ainda mais sobre a cultura e o jeitinho dinamarquês de ser.

post-mari4post-mari3post-mari2

beijos, Vicky Christine
Deixe seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.

<< AnteriorTopo
Me Siga no Instagram // @vickychristine_
Busca